Páginas

13 de agosto de 2013

Escadas de madeira



A escada tem uma função muito específica: permitir que o morador vá para cima ou para baixo. Falando assim, parece fácil. Mas há tantas variáveis na escolha desse item da casa - material, tipo de degrau, guarda-corpo, medidas - que a escada acaba sendo um estresse a mais na obra - como se fossem poucos...
 

Escada Loja Pazinha Acabamentos e Revestimentos



Se você tem uma única certeza – sua escada será de madeira, então esta seleção de modelos o ajudará a definir o traçado e os materiais que combinam com ela...



Esta escada é toda de pranchas de carvalho, com 7 cm de espessura e 1 m de largura cada uma. Os suportes laterais, com 15 cm de largura, estão encaixados nos degraus e fixados com pinos de ferro, semelhantes aos que mantêm a estrutura presa à parede. O corrimão de metal fica quase imperceptível perto da escada escultural.





Um pedaço de ferro com 15 cm de largura e 7,5 cm de espessura prende cada um destes degraus à parede. De perfis metálicos, os degraus são revestidos de placas de perobinha e tem 75 cm de largura x 30 cm de profundidade. O corrimão, posto a 90 cm de altura, garante a segurança no acesso da sala íntima ao mezanino – local reservado para o quarto do casal.





Os degraus desta escada formam um belo ziguezague na sala de estar. Eles são de toras macias de ipê, cravadas na parede, e dão acesso ao terraço, à suíte do casal e ao mezanino - onde nào há guarda-corpo, mas sim um banco.




 
Apenas 16 pranchas de madeira. O número reduzido permitiu ao artista Gunnar Schulze dar seu toque artístico a esta escada de ipê. Cada um dos degraus foi colocado e parafusado na estrutura e tem um desenho diferente, próprio do trabalho artesanal. A execução levou um mês, e o acabamento foi feito com seladora e cera de polimento para piso. 





A casa de fim de semana tem na madeira escura seu elemento mais marcante. Com a escada, não poderia ser diferente: o modelo de itaúba apresenta um patamar antes de levar ao segundo piso, em que fica a suíte e o escritório dos proprietários. Sob a escada, ao lado da porta de enrada, vê-se o espelho d`água com carpas. 





 
Degraus irregulares transformam a escada numa obra de arte. A altura entre eles é a mesma, 18 cm, mas cada peça traz uma espessura diferente (9, 10, 12, 13 ou 15 cm). Para obter essas medidas, os profissionais da marcenaria colaram duas e até três pranchas de perobinha. Numa das pontas, os degraus foram chumbados na parede de alvenaria e, no centro, parafusados na estrutura de ferro pintada de preto. O corrimão e o guarda-corpo de ferro ganharam arremate de cabos de aço. 








 
Os três primeiros degraus da sala de estar levam à escada de garapeira, madeira também usada nos pilares e no deck e que reveste a laje do andar superior. O guarda-corpo de vidro garante leveza ao conjunto. Para que o jardim junto à escada recebesse luz natural, utilizaram-se telhas de vidro num trecho da cobertura. 






O piso claro de granilite reflete a claridade que entra por todo o ambiente e contrasta com o tom escuro na escada de ipê, um dos poucos elementos que resistiu à reforma desta casa e manteve-se tal como no projeto original. Um bloco de concreto funciona como guarda-corpo e corrimão.  









Leve, a escada em balanço não interfere visualmente na área pequena. Os degraus, cujo miolo é de chapa de ferro, estão engastados numa viga metálica embutida na parede e encapados com cumaru, mesma madeira usada no piso de réguas palito. Embutir o corrimão num rasgo de 15 cm de profundidade na alvenaria ajuda a economizar espaço. Mas isso só foi possível porque se trata de uma parede de divisa da casa e, portanto, mais robusta que o normal (50 cm de espessura). 





Neste projeto, a escada vazada parece complementar a decoração da sala de estar, que apresenta assoalho de bambu. Com estrutura de cumaru e guarda-corpo de ferro com pintura automotiva, o modelo exibe um patamar, que serve como um mirante voltado para a grande janela que dá para o jardim. 








A escada suspensa de cumaru tem visual leve. Os 15 degraus chumbados à parede abriram espaço para o delicado jardim de seixos brancos no vão antes ocupado por modelo semelhante de concreto. Este desenho vai bem em locais compactos, pois exige pouco espaço. Repetiu-se nos degraus a mesma madeira usada no assoalho para não quebrar a harmonia do ambiente. 




Inspire-se! 



Oferecendo um design adequado ao estilo do cliente, a Pazinha projeta diversos modelos de escadas para deixar seu ambiente moderno, sofisticado e funcional!

Venham nos conhecer!


Pazinha Acabamentos e Revestimentos
Rua Trindade, 540
67 3309 8900


Um comentário:

  1. Maravilha!!! Adorei cada modelo, mas como chumbar degraus de madeira na parede? Preciso de uma estrutura de metal embutida na parede ou posso chumbar direto?

    ResponderExcluir